Rogério Ceni: a trajetória do maior goleiro artilheiro de todos os tempos

Considerado por muitos um dos melhores goleiros da história do futebol brasileiro, o mito, como é chamado pela torcida tricolor, é ídolo máximo do São Paulo Futebol Clube.

Considerado por muitos um dos melhores goleiros da história do futebol brasileiro, o mito, como é chamado pela torcida tricolor, é ídolo máximo do São Paulo Futebol Clube. O fato curioso é que o arqueiro também se destacou como um exímio cobrador de bolas paradas, um talento totalmente escasso nos dias de hoje. Em 2005, Ceni fez 21 gols, sendo 11 de falta, um feito impressionante que colocou o goleiro no topo dos artilheiros daquele ano.


Infelizmente, figuras como Rogério Ceni são raras no futebol brasileiro atualmente. A habilidade de cobrar faltas com precisão é uma arte que poucos jogadores dominam, até mesmo no futebol mundial, e a presença de um goleiro artilheiro é algo cada vez mais incomum. A falta desse tipo de jogador no futebol pode ser sentida, pois é uma característica que pode fazer a diferença em uma partida.

Com 63 gols de falta em sua carreira, Rogério Ceni está entre os dez maiores cobradores de falta de todos os tempos, ficando atrás de nomes de peso como Pelé e Juninho Pernambucano e à frente de lendas como Messi, Maradona e Zico. Este é um feito que merece destaque e reconhecimento, mostrando que Ceni não era apenas um goleiro excepcional, mas também um artilheiro inigualável.
Nem só de bola parada viveu o mito, pois além de um artilheiro nato, também era um goleiro excepcional. Ao longo da carreira RC conquistou títulos importantes como um tricampeonato brasileiro em sequência (2006, 2007 e 2008), o Mundial de Clubes em 2005 e a Copa do Mundo de 2002 – convocado como terceiro goleiro do elenco.


Impossível não lembrar daquela defesa magistral na cobrança de falta do craque inglês Steven Gerrard, no Mundial.

Atualmente, Rogério se aventura à beira do campo como treinador do São Paulo. Já em sua segunda passagem como técnico do tricolor, também comandou outros times como Fortaleza, Cruzeiro e Flamengo.


Rogério Ceni é um ícone do futebol brasileiro, sem dúvida nenhuma quanto à isso. Seu legado jamais será esquecido, e sua habilidade com as bolas paradas continuará a inspirar jogadores e fãs de futebol em todo o mundo.

Cada vez mais, os cobradores de falta estão extintos no futebol mundial, seja pela ausência de técnica ou simplesmente pela falta de interesse. O legado de Rogério jamais será esquecido, e sua habilidade com as bolas paradas continuará a inspirar jogadores e fãs de futebol em todo o mundo.

Goleiro artilheiro nós só vimos um, e talvez nunca mais vejamos outro.

Aposte no Joga Junto

Gostou desse conteúdo? Então aproveite e visite o Joga Junto e se divirta com apostas esportivas, jogos de cassino e muito mais. Joga Junto, nossa aposta é você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *