Por que o Brasileirão mudou para pontos corridos? 

Há 20 anos, o Brasileirão entrava em uma nova fase ao abandonar o mata-mata. Hoje oficialmente foi adotado o sistema dos pontos corridos. Entenda!

Há 20 anos, o Brasileirão entrava em uma nova fase ao abandonar o mata-mata e adotar de vez os pontos corridos como o sistema definitivo para o Campeonato Brasileiro.  

O sistema foi de fato adotado, mas não sem resistência. Alguns dirigentes foram extremamente contra, como Eurico Miranda, então presidente do Vasco, que prenunciou a morte do futebol brasileiro. Outros já aprovaram a ideia, principalmente Juvenal Juvêncio, após o seu São Paulo fazer a melhor campanha do Campeonato Brasileiro de 2002, e mesmo assim cair para o Santos de Robinho, Diego e cia nas quartas de finais da competição daquele ano.  

Mas quais foram os motivos para essa mudança? 

Mais justo 

Justo é sempre subjetivo, já que quem vence dentro das 4 linhas do campo, salvo alguma interferência arbitral gritante, é o campeão por justiça e direito.  

Ainda assim, a CBF avaliou que o sistema de pontos corridos premiaria o time com o melhor planejamento e consistência ao longo do ano, sem dar chances para zebras que eventualmente ocorrem em um sistema de mata-mata. Dessa forma, o time que terminasse o campeonato com uma campanha sólida, seria o justo campeão, sem maiores imprevistos.  

Copa do Brasil 

Uma das justificativas para mudança de sistema, foi o fato de que, com a Copa do Brasil disputada em mata-mata, era preciso ter outra competição nacional em moldes distintos, contemplando, assim, todos os gostos.  

Isso é o que acontece hoje em dia, com as duas competições ocorrendo em paralelo, mas de maneiras diferentes. O Brasileirão premia a consistência ao longo do ano, já a Copa do Brasil abre margem para jogos grandes em que tudo pode acontecer.  

Igualdade com os maiores campeonatos do mundo 

Mudar para os pontos corridos foi uma medida que buscou ir de encontro com a tendência dos principais campeonatos nacionais do mundo, que já eram disputados desse jeito, como o espanhol, inglês e italiano.  

Segundo a entidade, isso modernizaria o futebol brasileiro e faria a nossa liga se equiparar às europeias e, inclusive, ajudaria a aumentar as receitas com a venda de Pay Per View e também a desinchar o calendário nacional.  

Aposte no Joga Junto

Gostou desse conteúdo? Então aproveite e visite o Joga Junto e se divirta com apostas esportivas, jogos de cassino e muito mais. Joga Junto, nossa aposta é você!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *