Pedro não aparece no Flamengo após agressão: Clube analisa punição

Atacante Pedro pode sair do Flamengo após polêmica

Pedro é agredido por preparador físico

Pedro é agredido por preparador físico

O centroavante Pedro, jogador do Flamengo, não se reapresentou no Ninho do Urubu após vitória por 2 a 1 contra o Atlético-MG. O motivo seria a agressão que sofreu do preparador físico do clube.

Tudo se complicou quando o Flamengo anunciou que Pedro será punido após a demissão do preparador físico Pablo Fernández. Agora, a chance do jogador deixar o clube é grande.

A situação está tensa, afinal, a diretoria do Flamengo afirma que a recusa do jogador em se aquecer pode resultar em multa ou ato de indisciplina, conforme as regras do time. O clube definirá o caminho jurídico a seguir com Pedro nos próximos dias.

Entenda o caso de agressão

Durante o jogo, Pedro não foi acionado e continuou aquecendo ao lado dos companheiros. Após duas substituições, o camisa 9 voltou para o banco sem permissão. 

Após o jogo, uma tensa situação se desenrolou no vestiário quando Pablo confrontou Pedro de forma ríspida, alegando “falta de respeito”. Em resposta, o atleta argumentou que a comissão técnica de Sampaoli não tem sido respeitosa com ele, especialmente considerando sua pouca atuação nos últimos jogos. 

Durante o desentendimento, Fernández deu “tapinhas” no rosto do atacante, causando desconforto, e Pedro tentou se desvencilhar, levando Fernández a reagir com um soco. O camisa 9 não revidou, e os colegas de time intervieram imediatamente para separá-los.

Como resultado de toda essa situação, Pedro tomou a iniciativa de registrar um Boletim de Ocorrência contra o preparador físico. Tanto os atletas quanto a diretoria manifestaram apoio ao atacante e não aprovaram a postura de Sampaoli, que não demonstrou suporte a Pedro, preferindo o silêncio e conversando apenas com Fernández.

A polícia conduziu uma avaliação em Pedro, realizada por um perito no Instituto Médico Legal, que constatou lesões leves no lado direito do rosto e na boca.

Além disso, foi divulgado que foi elaborado um Termo Circunstanciado de Ocorrência em relação a Fernández. De acordo com a ESPN, o preparador físico permaneceu em silêncio durante o depoimento prestado na madrugada na Central Estadual do Plantão Digital.

Posteriormente, o preparador da comissão de Jorge Sampaoli se comprometeu a comparecer a uma audiência perante o Juizado Especial Criminal para que as medidas legais apropriadas sejam tomadas. Após esse procedimento, Fernández foi liberado e autorizado a deixar a delegacia.

E agora. Flamengo?

Jorge Sampaoli permanecerá como técnico do time carioca e comandará o treino normalmente mesmo após a agressão. Pablo foi demitido e Pedro não apareceu no clube até o momento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *