Novo formato do Mundial de Clubes 

Em 2025 haverá algumas mudanças dentro do Mundial de Clubes. Dentre elas, será adotado um novo formato. Entenda o que vai mudar.

A partir de 2025, o Mundial de Clubes da FIFA ganhará um novo formato. Mais parecido com a Copa do Mundo, o torneio reunirá 32 equipes de todos os continentes e acontecerá a cada 4 anos. A entidade ainda não escolheu qual será o local a sediar a competição.  

Porém, a divisão de vagas para os clubes do novo Mundial de Clubes ficou definida da seguinte forma:  

  • 12 vagas para a Europa 
  • 6 vagas para a América do Sul 
  • 4 vagas para a África 
  • 4 vagas para a Ásia 
  • 4 vagas para América do Norte, Central e Caribe (Concacaf)  
  • 1 vaga para Oceania 
  • 1 vaga para o país-sede 

Como serão definidos os classificados? 

Os critérios que vão definir os times classificados também já estão definidos pela entidade máxima do futebol

Os 4 últimos campeões sul-americanos da Conmebol Libertadores estarão classificados, portanto, Flamengo e Palmeiras já estarão presentes na primeira edição. Da mesma forma, os últimos 4 vencedores europeus da UEFA Champions League também ganham vaga direta. Neste cenário, Real Madrid e Chelsea já estão classificados para o torneio. Os demais clubes dos dois continentes serão definidos através do posicionamento em um ranking de forças. 

Time da África, Ásia e Concacaf terão como representantes os últimos 4 campeões de seus respectivos torneios continentais.  

Já o time representante da Oceania será definido pelo ranqueamento dos últimos 4 campeões do torneio continental. O time melhor classificado fica com a vaga.  

O que esperar do Novo Mundial?  

O novo formato do torneio, que será, para todos os efeitos, uma verdadeira Copa do Mundo de clubes, promete atrair bastante a atenção dos espectadores e torcedores do planeta inteiro, já que será uma forma dos principais times do mundo medirem as suas forças. 

Ainda assim, é pouco provável que, edição após edição, o vencedor não seja um time europeu, ainda mais em uma competição com muitos jogos e uma grande quantidade de times da UEFA. Tomemos, por exemplo, o atual Mundial de Clubes como parâmetro. Desde 2012, quando o Corinthians bateu o Chelsea na final, nenhum outro time não europeu venceu o torneio – e isso em um formato com no máximo dois jogos para times da UEFA e Conmebol -, mostrando a grande força dos times da Europa em relação aos demais.  

Cada vez com mais super times europeus, que contratam craques de todo o mundo e formam verdadeiras seleções, fica cada vez mais difícil bater de frente com as potências europeias.  

Aposte no Joga Junto 

Gostou desse conteúdo? Então aproveite e visite o Joga Junto e se divirta com apostas esportivas, jogos de cassino e muito mais. Joga Junto, nossa aposta é você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *