Entenda como funciona a MLS, a liga norte-americana de futebol 

Thierry Henry fez grandes temporadas na MLS.

Após a ida de Lionel Messi para o futebol dos Estados Unidos, a liga do país, a MLS (Major League Soccer), ganhou uma relevância única em sua história.  

Assim como todos os esportes nos EUA, o futebol por lá também possui as suas particularidades, tendo algumas mudanças de formato em relação à Europa e América do Sul.  

Confira como a história e como funciona a MLS

História da MLS 

Embora o futebol seja jogado há mais tempo nos Estados Unidos, foi só a partir da Copa do Mundo de 1994 que a MLS surgiu, já que ter uma liga de futebol profissional é uma exigência da FIFA para um país sediar o evento.  

Em 1996, foi jogada a primeira temporada da MLS, contando ainda com 10 equipes. Com o passar dos anos, a liga foi gradativamente perdendo relevância. Em 2002, com a boa campanha da seleção americana na Copa do Mundo, a liga conseguiu atrair novos investimento e, por consequência, grandes craques do futebol. O primeiro foi David Beckham, que chegou ao Los Angeles Galaxy em 2007, seguido depois por Kaká, Gerrard e Ibrahimovic.  

Embora a MLS seja a liga oficial dos Estados Unidos, muitos times canadenses disputam a competição, como é o caso de Montreal Impact e Toronto FC. 

Divisão por conferência e Calendário da MLS 

A liga atualmente é composta por 29 times, divididos entre duas conferências, a Leste, com 15 times, e a Oeste, com 14. Este formato é bem parecido ao apresentado em outras competições americanas, como o basquete e o futebol americano e, da mesma forma, apresenta duas fases: a temporada regular e os playoffs.  

O calendário é parecido com o brasileiro, e seus jogos acontecem principalmente de quarta, sábado e domingo em 34 rodadas e vão de fevereiro a dezembro.  

Playoffs da MLS 

Ao final da temporada regular, as 7 melhores equipes de cada conferência garantem a classificação direta para os playoffs da NBA. Já os times que ficaram na oitava e nona colocação de suas respectivas conferências disputam a classificação em jogo único. No final, os playoffs são disputados por 16 equipes, que se enfrentam em jogo único na casa do adversário de melhor campanha da temporada regular.    

A final é chamada de MLS Cup e é disputada em um jogo único entre o campeão da Conferência Oeste e o campeão da Conferência Leste. 

Classificação para a Liga dos Campeões da CONCACAF 

Todas as temporadas, 5 times da MLS podem se classificar para disputar a “Concachampions”, nome informal dado à Liga dos Campeões da Concacaf. Dessas equipes, quatro são americanas e uma canadense.  

Desses clubes americanos, dois se classificam de acordo com a posição na sua respectiva conferência durante a temporada regular, enquanto um terceiro garante vaga ao vencer a MLS CUP, e um quarto ao vencer a US Open Cup. 

Já a quinta vaga é destinada ao vencedor da Copa do Canadá, competição que opõe os times canadenses que jogam a MLS e os times que disputam o Campeonato Canadense.  

Existe rebaixamento na MLS? 

Na MLS não há acesso ou rebaixamento. Por mais que um time termine a temporada com uma campanha ruim, ele permanece jogando a MLS no ano seguinte.  

Teto salarial 

Todos os times da NBA podem gastar até US$5.2 milhões em salários. Essa regra é imposta para impedir que ocorra uma grande disparidade entre as equipes.  

O salário máximo que um jogador comum pode receber é de US$612.500. Porém, com o intuito de atrair grandes estrelas para o futebol americano, a liga permite a existência de três designated players, ou seja, jogadores que podem receber acima do teto. É o caso, por exemplo, de Lionel Messi.  

Superdraft 

Assim como na NBA e na NFL, a MLS também possui um sistema de draft, que possibilita a entrada de jogadores vindos do futebol universitário.  

O superdraft é composto por 3 rodadas em que as equipes escolhem jogadores para ingressar na liga. Da mesma forma que ocorre nos outros sistemas de draft em outros esportes nos Estados Unidos, os times são livres para renegociar entre si as escolhas ou seu lugar de seleção.  

Maiores campeões da MLS 

Jogada desde 1996, a MLS já consagrou 14 times como campeões, sendo 8 do Oeste e 6 do Leste. O Los Angeles Galaxy, time que ficou mais famoso mundialmente por causa do Beckham, é o maior campeão do torneio, com 5 títulos. Confira todos os campeões:  

Los Angeles Galaxy – 5 títulos 

DC United – 4 títulos 

San José Earthquakes – 2 títulos 

Sporting Kansas City – 2 títulos 

Houston Dynamo – 2 títulos 

Seattle Sounders – 2 títulos 

Columbus Crew – 2 títulos 

Chicago Fire – 1 título 

Toronto FC – 1 título 

Real Salt Lake – 1 título 

Colorado Rapids – 1 título 

Portland Timbers – 1 título 

Atlanta United – 1 título 

New York City – 1 título 

Maiores artilheiros da MLS

Chris Wondolowski, maior artilheiro da MLS

A Major League Soccer já teve grandes estrelas do futebol mundial nos plantéis dos seus times. Porém, surpreendentemente, os maiores goleadores da liga não são tão famosos assim. Veja a lista dos 10 maiores artilheiros da história da MLS

  1. Chris Wondolowski – 171 gols 
  1. Landon Donovan – 145 gols 
  1. Kei Kamara – 143 gols 
  1. Jeff Cunningham – 134 gols 
  1. Jaime Moreno – 133 gols 
  1. Bradley Wright-Phillips – 117 gols 
  1. Ante Razov – 114 gols 
  1. Jason Kreis – 108 gols  
  1. Dwayne De Rosario – 104 gols 
  1. Josef Martinez – 102 gols 

Maiores estrelas a jogarem na MLS 

Principalmente após 2007, com a chegada do midiático David Beckham, a MLS começou a atrair uma boa quantidade de grandes estrelas. Confira a lista dos principais nomes a jogarem na Major League Soccer: 

David Beckham 

David Beckham, uma das grandes estrelas da história da MLS.

O astro inglês chegou em 2007 no Los Angeles Galaxy para mudar o patamar da liga americana. Depois de uma carreira vitoriosa no Manchester United e Real Madrid, Beckham emprestou a sua credibilidade à liga por 5 temporadas antes de voltar para a Europa. Venceu dois títulos da MLS Cup e o prêmio de melhor jogador da temporada de 2008. Atualmente, é um dos donos do Inter Miami.  

Zlatan Ibrahimovic 

Zlatan ficou de 2018 a 2019 no Los Angeles Galaxy, mas foi o suficiente para causar um bom impacto. Apesar de não ter levado o time ao título, Ibra colecionou grandes números: foram 53 gols em 58 jogos.  

Kaká 

Kaká, brasileiro que fez sucesso na MLS.

Antes de Messi, a MLS teve outro jogador vencedor da Bola de Ouro. O brasileiro Kaká, vencedor em 2007, foi à MLS encerrar a sua carreira no Orlando City. O brasileiro ficou lá de 2014 a 2017, e a sua presença atraiu bastante atenção ao campeonato.  

David Villa 

O atacante campeão mundial com a Espanha em 2010 jogou por 4 temporadas no New York City e fez bastante sucesso na liga. Ganhou prêmio de melhor jogador da liga em 2016.  

Thierry Henry  

A lenda francesa jogou entre 2010 e 2014 no New York Red Bulls. Pelo time de Nova Iorque, Henry marcou 51 gols e deu 42 assistências.

Curiosidades MLS 

Apesar do pouco tempo, a MLS possui algumas curiosidades que a deixam ainda mais interessante. Descubra agora alguns fatos surpreendentes sobre esta liga cada vez mais relevante: 

  • A MLS já teve um brasileiro consagrado como MVP. Luciano Emilio, com passagens pelo XV de Piracicaba e Rio Branco, ganhou o troféu em 2007, quando jogava pelo DC United.  
  • A regra dos designated players, que permite a contratação de três jogadores com salário acima do teto, também é chamada de Lei Beckham, já que foi a sua chegada que deu origem à norma. 
  • Pelé jogou no futebol dos EUA, atuando pelo New York Cosmos. Porém, embora o gênio tenha mudado o patamar do futebol no país, ele não chegou a jogar na MLS, uma vez que a liga só foi criada em 1996. O Rei, portanto, jogou na NASL, torneio anterior à Major League Soccer e hoje equivalente a segunda divisão.  
  • O New York Cosmos surgiu em 1970 com as cores verde e amarelo, em homenagem ao Brasil, tricampeão do mundo nesse mesmo ano. 
  • Assim como na NBA, NFL e outras diversas ligas esportivas dos Estados Unidos, a MLS também tem, toda temporada, um jogo das estrelas, que reúne os principais jogadores de cada conferência em uma partida amistosa. 

Aprende Junto  

É hora de conhecer o Aprende Junto, a plataforma de ensino exclusiva do Joga Junto, que vai te ensinar a apostar de maneira mais estratégica.  

Quer saber mais? Acesse!  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *