5 estrangeiros que marcaram época no Brasil 

Muitos gringos brilharam por aqui. Relembre alguns!

Mesmo produzindo uma quantidade gigantesca de grandes jogadores de futebol todos os anos, o Brasil ainda assim costuma se manter atento a atletas de outras partes do mundo.  

Muitos gringos brilharam por aqui, sobretudo os sul-americanos – embora europeus e asiáticos também tenham tido a sua importância.  

Relembre 5 jogadores estrangeiros que viraram ídolos no Brasil.  

Dejan Petković 

O sérvio Petković fez muito sucesso nos campos do Brasil. Pet chegou ao Vitória em 98 vindo de um empréstimo do Real Madrid, e logo chamou muita atenção de outros clubes brasileiros. Mas foi o Flamengo que comprou o meia em definitivo em 2000. No time carioca, Petković teve a sua passagem mais marcante por aqui e virou ídolo. Além de Vitória e Flamengo, o sérvio ainda jogou no Vasco, Fluminense, Santos, Goiás e Atlético Mineiro

Juan Pablo Sorín

O lateral-esquerdo Sorín chegou ao Cruzeiro também no ano de 2000. Rápido e habilidoso, não demorou muito para o argentino conquistar o exigente torcedor da Raposa, virando ídolo. Depois de sair em definitivo do time mineiro em 2004, Sorín ainda voltou em 2008 para encerrar a sua carreira no clube celeste.  

Darío Conca 

Em 2007, Conca foi emprestado pelo River Plate ao Vasco. Depois disso, outro time carioca resolveu apostar no meia argentino: o Fluminense. No tricolor, Conca se transformou em um dos destaques do time que conquistou o Brasileirão de 2010, jogando todos os 38 jogos da competição. Ídolo do Fluminense, o atleta também teve uma rápida passagem pelo Flamengo em 2017.  

Andrés D’Alessandro 

Entre idas e vindas, D’Alessandro ficou um total de 14 anos no Internacional de Porto Alegre. Em 2008, o meia argentino foi contratado vindo do Zaragoza, da Espanha. No time gaúcho, D’Ale conquistou quase tudo o que era possível e se transformou no segundo jogador que mais vestiu a camisa colorada.  

Clarence Seedorf 

O multicampeão Seedorf só jogou por um time fora da Europa, o Botafogo. No Glorioso, o holandês jogou em 2012 e 2013, conquistando rapidamente a torcida por sua qualidade e determinação. Encerrou a sua carreira justamente no alvinegro carioca.  

Aprende Junto  

É hora de conhecer o Aprende Junto, a plataforma de ensino exclusiva do Joga Junto, que vai te ensinar a apostar de maneira mais estratégica.  

Quer saber mais? Acesse!  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *